06 Apr

A dieta do pirulito – Por Fernanda Uliana

Oi gente!! Hoje vou falar da mais nova moda entre as celebridades americanas: a Dieta do Pirulito! Um tanto quanto estranha por se tratar de uma guloseima, o pirulito promete milagres, como toda dieta da moda.

Nessa dieta a pessoa deve chupar um pirulito e tomar 1 copo de água antes das principais refeições. Mas não é um pirulito qualquer. É um pirulito de origem canadense, chamado Power-Pops, desenvolvido por um estudioso em fitoterápicos, composto por guaraná, garcinia cambogia e hoodia gordonii (esse último é proibido aqui no Brasil). Essas substâncias diminuem a fome, a sede e a vontade de doces, dão saciedade e ajudam na redução de gordura abdominal. Contém apenas 28 calorias e está disponível em diversos sabores: canela, limonada, cereja, maçã verde, berries, manteiga de amendoim e pina colada.

 

Para a decepção de muita gente, o tal pirulito não é comercializado no Brasil, e os sites que o comercializa não entregam aqui.

A notícia boa: no Brasil são permitidos vários outros fitoterápicos que auxiliam na perda de peso, diminuição da vontade de doces e dão saciedade. Procure um nutricionista especializado em fitoterapia e experimente os efeitos benéficos das plantas. Lembrando que não há milagre: a reeducação alimentar é fundamental para ter ótimos resultados!

Beijos e até o próximo post!

13 Mar

Jejum: essa moda pega? – Por Fernanda Uliana

Oi gente!!
Esse é o novo tema da moda mas que me assusta um pouco, confesso. Como ficar 24h sem comer? Ou até mais dias seguidos? Pra quem adora comer e se alimenta várias vezes ao dia, é difícil pensar em jejum.
Fazer jejum durante um período determinado está presente em algumas dietas ou rituais ou religiões, com o intuito de desintoxicar o organismo e acelerar a perda de peso. Para desintoxicar o organismo, temos outras alternativas menos drásticas para realizar isso. A perda de peso ocorre, sem dúvida. Só que não é só a gordura que vai embora. Também se perde massa muscular, que convenhamos é difícil ganhar. Quem treina sabe muito bem disso!
Durante o jejum prolongado, o corpo utiliza a gordura e o músculo como fonte de energia. O resultado disso é o quadro de cetose, onde o hálito fica com cheiro de acetona, a capacidade de concentração, atenção e memorização ficam bem prejudicadas, e o humor piora muito!

Jejum

O ato de jejuar foi espelhado nos nossos ancestrais, que ficavam dias em jejum até encontrarem sua caça. O resultado disso é que ao longo do tempo o nosso corpo foi sofrendo alterações fisiológicas para estocar energia e suportar os dias de escassez. Resumindo: nos tornamos grandes armazenadores de energia. Absorvemos os nutrientes, e a energia que não precisamos utilizar no momento é armazenada como gordura.
A pergunta é: será que se fizermos jejum durante dias não aumentará nossa capacidade de armazenar gordura ao longo dos anos?
Respeito quem realiza rituais, faz promessas, quem prescreve jejum a alguém por algum motivo. Mas comigo o jejum não tem vez! Ter uma alimentação saudável e equilibrada com certeza me trará muita saúde e disposição pra realizar as minhas atividades! Prefiro ficar com a comida! Rs! E você??

27 Jan

Embutidos: rápidos, práticos e perigosos!

E quem não come hoje em dia? Já falamos disso aqui mas eles tem sido uma escolha constante hoje em dia que a vamos falar denovo!

Embutido é uma carne (seja de porco, frango, peru) que foi processada e incorporada a várias substâncias químicas para conservar essa carne e prolongar sua validade. Exemplos de embutidos são: peito de peru, presunto, mortadela, salame, salsicha, lingüiça, blanquet, entre outros. São alimentos práticos para o dia a dia e duram um bom tempo na geladeira.

Embutidos 2

Que eles são riquíssimos em sódio, todo mundo sabe. Podem causar inchaço no corpo e aumentar a pressão sanguínea. O que muita gente não sabe é que os embutidos possuem outros conservantes além do sódio, como o nitrito e nitrato, que são cancerígenos! E boa parte da coloração do alimento não é própria, vem dos corantes adicionados. Ou seja: muitas substâncias químicas naquela simples fatia de embutido.

O problema não é comer esporadicamente. É comer todos os dias como ouço muito dos pacientes no consultório.

Por isso prefira a carne in natura, e para os lanches rápidos, prefira os queijos.

28 Nov

A gestação e o Pilates

Fala Serio Dica da clínica Ergodinâmica para as futuras mamães!

O assoalho pélvico, encontrado no fundo da pelve (bacia), e é formado por 13 músculos, a MAP (musculatura do assoalho pélvico), que são auxiliados por fáscias e ligamentos (os elásticos biológicos). Na mulher, a contração do MAP auxilia na incontinência urinária, fecal e na função sexual (pois aperta os canais citados) – na gestante, sua função é sustentar os órgãos pélvicos e também o feto.

Gestante

Ele pode enfraquecer durante a gestação?

Sim, o sobrepeso por vários meses, gerado pelo bebê, placenta, etc, enfraquece o MAP e o trabalho de parto, independente se dor cesáreo ou vaginal pode causar lesões sérias no assoalho pélvico, levando a incontinência urinária ou fecal. Grande número de mulheres com filhos, após os 50 anos, apresentam fraqueza desse grupo muscular.

Como a gestante pode prevenir o enfraquecimento do assoalho pélvico?

O fortalecimento desse grupo muscular é necessário e deve ser realizado por toda a vida da mulher, para que ela tenha melhor qualidade de vida. Assim, o fortalecimento deve ser feito desde exercícios focados na contração dos músculos do assoalho pélvico, como apertar a vagina, segurar o xixi  até  exercícios que fortaleçam toda a musculatura do abdome e da pelve, como o pilates.

Pilates e a gestação

Um exercício de baixo impacto, que não provoca sobrecarga nas articulações das gestantes, possibilita flexibilidade e fortalecimento muscular de todos os grupos musculares, além de consciência corporal, relaxamento e respiração adequada. Em todos os exercícios do pilates os músculos do assoalho pélvico são recrutados e por isso essa atividade é tão indicada para a mulher fazer durante a gestação, que terá postura e sustentação pélvica melhores.

Além disso, após o nascimento do bebê, a mãe terá resistência muscular nos membros superiores (braços) para  cuidar do seu filho ao segurar, empurrar carrinho, limpar, amamentar, dar banho, entre outras; tudo isso devido ao fortalecimento e equilíbrio desenvolvido pela prática do pilates. As dores e inchaços nos membros inferiores (pernas) também serão diminuídas pois a atividade permite o aumento da circulação e o fortalecimento da musculatura das pernas, preparando a coluna e o corpo para o ganho de peso da mulher durante a gestação.

Mamãe, aumente sua qualidade de vida, diminua suas dores e deixe sua gestação mais prazerosa. Entre em contato conosco!

12 Nov

Segunda sem carne – Por Fernanda Uliana

Oi gente! Tudo bem com vocês?
Dando continuidade ao tema “vegetarianismo”, hoje vou falar da famosa Campanha “Segunda sem carne”. Vocês sabem o que é, para quê serve e da onde surgiu?

A segunda-feira foi o dia da semana escolhido por ser o primeiro dia da semana na prática, o dia que começamos novos projetos, iniciamos grandes mudanças, damos novos rumos.
O objetivo de não consumir nenhum tipo de produto animal nesse dia da semana é conscientizar a população para o impacto ambiental que o consumo de carne tem causado no nosso planeta, na nossa saúde (pelo excesso de carne que estamos consumindo) e na sociedade. Além disso, a campanha estimula o consumo de outros tipos de alimentos de origem vegetal, experimentando novos sabores.

IMG_2714-0.JPG

Pelo menos 35 países aderiram a essa Campanha, e muitos famosos vestem essa camisa, como Paul McCartney, Yoko Ono e Gilberto Gil. Ela começou nos Estados Unidos em 2003, mas só chegou no Brasil, mais especificamente em São Paulo, em 2009, numa parceria da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA), mas logo depois se estendeu por todo o país.

Que tal experimentar um dia da semana sem carne e fazer parte dessa Campanha??
Nos sites da Campanha (www.segundasemcarne.com.br) e da Sociedade Vegetariana Brasileira (www.svb.org.br) vocês podem encontrar várias receitas vegetarianas deliciosas para experimentar!
Façam e compartilhem a idéia!
Beijos, Fernanda Uliana

22 Oct

Ser vegetariano: é mais saudável? Por Fernanda Uliana

Bom dia gente! Hoje vou falar de um tema cada vez mais comum no consultório: muitas pessoas me procuram querendo se tornar vegetarianas. Costumo dizer que a vontade de ser vegetariano “vem de dentro”, pois envolve uma filosofia de vida, e quando é imposta, torna-se mais difícil. Por isso não é uma questão de moda!

O grande receio das pessoas é de ter carências nutricionais devido a isso. Numa alimentação saudável, com o consumo de carnes, é mais fácil equilibrar os micronutrientes (vitaminas e minerais). Porém, vemos cada vez mais estudos científicos relacionando o alto consumo de carne vermelha com maior incidência de câncer, principalmente de intestino. Na alimentação vegetariana, deve-se planejar uma alimentação bem equilibrada e variada com alimentos que vão ofertar todos os tipos de nutrientes necessários.

No caso da proteína animal, que é parcialmente ou totalmente retirada, deve ser substituída por proteínas de fonte vegetal.

IMG_2196.JPG

Há vários tipos de dietas vegetarianas. Há aquelas que incluem ovo, e/ou leite e derivados, e outras que são mais restritivas. Também existe o vegano, que não consome nenhum tipo de alimento de fonte animal, não utiliza produtos de fonte animal (como roupa, sapato ou bolsa de couro, por exemplo) e nem produtos testados em animais (como dermocosméticos), entre outras particularidades. As principais carências nutricionais que costumam ocorrer nesse tipo de alimentação são a deficiência de ferro e principalmente vitamina B12. Por isso é tão importante o acompanhamento nutricional e a realização de exames periodicamente para verificar os níveis no corpo.

Quando necessário, a suplementação é realizada. No próximo post vou abordar a famosa “segunda-feira sem carne”.

Beijos e até mais!

16 Oct

Vocês conhecem a Carboxiterapia?

IMG_2026.JPG

A dica da clínica ErgoDinâmica de hoje é a Carboxiterapia, conhecem? É uma técnica que utiliza dióxido de carbono (CO2) subcutâneo como terapia no combate às indesejáveis gordurinhas localizadas, estrias, flacidez e celulite.

IMG_2025.JPG
*Quais são os efeitos da carboxiterapia?
Aumento do metabolismo local;
Melhora a microcirculação local;
Aumenta as fibras de colágeno local;
Acelera a eliminação das toxinas;
Reduz edema;
Ativa a lipólise (destruição das células de gordura);

​*Quando podemos utilizar a carboxiterapia?
Para combater gordura localizada, estrias, celulite e flacidez.

*É doloroso?
Não, normalmente apresenta ardor na região cerca de 10 a 20 minutos após a aplicação.

​*Quando não devemos utilizar a carboxiterapia?
Indivíduos com insuficiência respiratória grave, insuficiência renal grave, insuficiência cardíaca grave, anemia grave, insuficiência hepática grave, hipertensão arterial grave, trombose arterial, grávidas, etc..

*Algumas orientações:
Para que os resultados sejam os melhores, é interessante que a orientação nutricional e atividade física regular sejam implantadas nos hábitos do individuo.

A avaliação com profissional especializado antes de começar o tratamento se faz necessária para que o mesmo seja direcionado ao cliente, com os resultados esperados e indicações.

A ErgoDinâmica dispõe de profissional fisioterapeuta especialista na área dermato funcional.

IMG_2032.JPG

Contato: 17-33011033 clinica@ergodinamica.com.br

03 Oct

Linhaça: qual tipo escolher? Por Fernanda Uliana

Oi gente, tudo bem com vocês?

Hoje vou falar sobre a linhaça, a semente que caiu no gosto popular há uns anos e veio pra ficar! A linhaça é a semente do linho, utilizado na fabricação de tecidos, vocês sabiam?

Os principais benefícios nutricionais da linhaça são: a presença do Omega 3, uma gordura do bem, que ajuda a controlar as taxas de colesterol e prevenir doenças cardiovasculares, as fibras, que auxiliam o funcionamento intestinal, ajudando muito aquelas pessoas que tem intestino “preso”, e fitoestrógenos, que ajudam a amenizar os sintomas da menopausa e até prevenir alguns tipos de câncer. Além disso, também possui magnésio, fósforo, manganês, vitamina B1, zinco e selênio.

Linhaça

Há duas variedades principais, a linhaça marrom e a dourada. Do ponto de vista nutricional, elas são semelhantes. A diferença sensorial está na resistência da casca e suavidade do sabor. Encontramos para comprar na forma de semente, farinha e óleo.

Caso o consumo seja na forma da semente, é interessante bater ligeiramente as sementes no liquidificador para quebrar a casca, que é muito dura, e disponibilizar os nutrientes contidos no interior da semente.

Se o consumo for na forma de farinha, a embalagem deve ser opaca, aquela embalagem que a luz não entra em contato com a farinha, e após aberta, deve ser armazenada na geladeira. A luz ou calor oxidam a gordura boa da semente, perdendo boa parte do valor nutricional.

E se a preferência for o óleo de linhaça, esse óleo não vai apresentar todos os nutrientes que a semente contém, mas pode ser uma opção prática para quem precisa principalmente de Omega 3 -> Guarde sempre a embalagem longe do alcance da luz e observe a concentração do produto, que pode variar de um fabricante para outro.

Sempre busque a orientação de um nutricionista para te orientar qual a melhor forma de consumir a linhaça especialmente para o seu caso.

Beijos, Fernanda Uliana

11 Sep

Fala Sério – Joelho de corredor?

Fala Serio

Cada vez mais a corrida está inserida na vida das pessoas como atividade para melhorar a qualidade de vida, a saúde e os hábitos, mas cuidado com seu joelho! A clinica Ergodinâmica fala mais sobre o assunto!

O trato iliotibial (TIT) que é uma faixa de tecido fibroso que se origina no osso da bacia e termina na tíbia e na fíbula.

O movimento de flexo-extensão, que ocorre repetidamente na corrida, promove um atrito entre as estruturas do joelho, por isso que as estatísticas mostram que 1,6 a 12% dos corredores apresentam a Síndrome do Trato Iliotibial (STIT), conhecida como “joelho de corredor”, ao menos uma vez durante a atividade esportiva.

Durante a corrida ocorrem cerca de 1800 impactos/km que devem ser absorvidos pelo movimento de flexão/extensão (dobrar e esticar) do joelho.

Joelho

O “joelho de corredor “ é uma patologia causada por “overuse” (excesso de atividade) e está associada ao tempo e velocidade, porém a angulação dos joelhos podem levar a sobrecarga na região do trato iliotibial.

O que sentimos?

*dor localizada na região lateral do joelho;

*a dor pode se manifestar durante a corrida e prejudicar a velocidade da mesma;

*com a piora do quadro, a dor pode irradiar-se para a face lateral da perna.

O que a fisioterapia pode fazer?

Primeira fase:

Analgesia: para diminuir o quadro de dor.

Na segunda fase:

Pilates, cinesioterapia, treino de marcha: para melhorar o alongamento, fortalecimento muscular, equilíbrio e propriocepção.

Taping: para melhorar a estabilidade articular durante ou treino e fora dele.

Orientações: para o treino de corrida, o tênis ideal, a pisada, o aquecimento e alongamentos que devem ser realizados na prática de atividade esportiva.

28 Aug

Chá verde em jejum, emagrece? Por Fernanda Uliana

Bom dia! Tudo bem com vocês?

Hoje vou falar sobre uma prática muito comum para emagrecer: tomar chá verde em jejum pela manhã substituindo o café da manhã. Consumir o chá verde diariamente pode ser um hábito saudável para a maioria das pessoas, mas não devemos substituir as refeições por ele, principalmente o café da manhã.

Ficamos um longo período em jejum quando dormimos, portanto, assim que acordamos precisamos dar energia e nutrientes para o nosso corpo funcionar bem o dia todo. Continuar o jejum, e tomar apenas o chá verde pela manhã, não é uma prática saudável.

Chá verde

O chá verde possui cafeína, e por isso é estimulante, além de possuir outros compostos bioativos benéficos à saúde e com propriedades emagrecedoras também. O chá verde pode ser consumido durante o dia, entre as refeições, para não interferir na absorção dos nutrientes. A preferência é pela infusão da erva natural, sem ser aqueles em sachês do supermercado, e sem açúcar! Sim, ele é bem amargo. Então pode fazer mais diluído para amenizar o sabor.

Lembrando que chá verde não é pra todo mundo! Consulte um nutricionista para saber se é indicado para o seu caso e a quantidade adequada.

Beijos, Fer!